Abertura do Salão de Artesanato marca lançamento do Projeto Moda PAP

Um novo projeto do Governo do Estado foi lançado na abertura da 23ª edição do Salão de Artesanato Paraibano. O Projeto Moda PAP é a mais nova proposta do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), que visa dar mais visibilidade à moda produzida no estado, com incentivo aos desfiles, produções e capacitação de artesãos

Salão de Artesanato da PB: decoração assinada pelo arquiteto e designer Sérgio Matos
Salão de Artesanato da PB: decoração assinada pelo arquiteto e designer Sérgio Matos

O Salão acontece de 15 a 31 de janeiro no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, das 14h às 21h. O tema do evento é “O algodão colorido é nosso” e tem a participação de cerca de 400 artesãos e, ao todo, dois mil envolvidos na produção. O número considera a produção de associações, cooperativas, grupos e indivíduos de mais de 70 cidades paraibanas. Além do algodão colorido, as tipologias presentes serão: madeira, metal, osso, arte indígena, brinquedos poupares, couro, barro, tecelagem, habilidades manuais, fios (crochê, labirinto, renda renascença, macramê, fuxico, bordado, batik, etc.), pedra, escama de peixe, cordel, xilogravura, gastronomia. Sobre as novidades da estrutura, a gestora do PAP, Lu Maia comentou: “A decoração foi feita pelo arquiteto e designer Sérgio Matos, que desenvolveu luminárias exclusivas para o Salão. Toda a decoração está de acordo com o tema algodão colorido, traremos um painel com um pouco da história da tipologia”, contou Lu. 

IMG_1856 IMG_1857 IMG_1858 IMG_1859

Projeto Moda PAP – A gestora do PAP explica que o projeto pretende utilizar os potenciais dos artesãos que confeccionam roupas com diversas técnicas: crochê, renda renascença, macramê, labirinto e algodão colorido. “Estivemos nas passarelas da São Paulo Fashion Week e na Fashion Rio, com algodão colorido, com a renda renascença e com o Macramê. Brevemente, o nosso algodão estará no maior Salão de Moda do Mundo, em Paris, no Premier Vision Excepcion, através da única empresa paraibana, selecionada, a Natural Cotton Collor”, relatou Lu Maia. Romero Sousa é o principal estilista à frente desta nova proposta no Programa de Artesanato Paraibano, trabalhando em parceria com mais de 40 artesãos que produzem diversas tipologias. Atualmente, desenvolve um trabalho junto às artesãs do Cariri paraibano. Já trabalhou com diversos materiais, incluindo renda renascença e algodão colorido paraibanos. Reside em João Pessoa e é formado em Licenciatura plena em Artes pela Universidade Federal da Paraíba, com especialização em Moda na Área de Estilismo e modelagem de Artefatos em Couro. É professor concursado de Artes do Estado da Paraíba e trabalhou no período de cinco anos na ONG Escola Piollin, onde desenvolveu trabalhos na Oficina de Moda com crianças e adolescentes em situação de risco social. Como figurinista e cenógrafo assinou vários espetáculos para teatro, dança e cinema. Em 2007, foi convidado a expor na semana prêt-à-porter de Paris, onde apresentou a coleção verão 2008 de acessórios em algodão colorido natural. Desde 2011, a convite da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), expõe sua criação de estampas com caráter regional na Première Vision Pluriel, dentro do setor Índigo nas edições de Paris e Nova York.

infos e fotos | divulgação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s